terça-feira, janeiro 13, 2009

Férias (o fim das)

O primeiro dia de trabalho depois de quase um mês de férias trás de volta a realidade que as férias ajudam a esquecer… e um dia é suficiente para que o que até dois dias atrás era a realidade parecer um sonho distante.
O despertar volta a ser uma tarefa árdua, fazer a barba todos os dias, passar a camisa para usar no mesmo dia, escolher uma gravata e enfiar nos pés uns sapatos que vão percorrer o mesmo caminho a que já estão habituados. Voltam os almoços em frente ao computador e o desejo de que os dias passem rápido para se poder “viver” alguma coisa antes de ir para a cama. Voltam-se a contar os dias até ao fim de semana e estabelecem-se objectivos mentais para que as semanas até à próxima paragem passem rápido.
O primeiro dia custa sempre… amanhã será mais fácil, mas nunca tão apetecível como acordar na cama da infância e poder ver aqueles que mais se querem a todas as horas, até chatear! Ou deixar que o sol aqueça tanto o quarto que faça com que a primeira acção do dia seja um banho de mar que mais não é do que um prenuncio do que se fará o resto do dia…
Ainda não entendo porque lhes chamam a Silly Season…eu preferia chamar-lhes off-silly season!

1 Comentários:

Blogger João Vasconcelos disse...

vida de cão! ou não. O Agassi tem melhor vida e nada fez por isso. Mas é montar um negócio que se goste e o dia passa a ser o que se espera ansiosamente na noite anterior

14 de janeiro de 2009 às 00:10  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial